Cistite de repetição

A cistite de repetição é comumente causadas pela bactéria Escherichia Coli, originária do trato intestinal. A cistite apresenta como principais sintomas a ardência miccional, vontades urgentes e/ou frequentes de urinar, dor após a micção e sangramento na urina. Estima-se que 50 a 80% das mulheres terão um episódio de cistite durante sua vida e em torno de 50% destas mulheres terão episódios recorrentes. Nestes casos, a procura de um urologista se faz necessária. Sua conduta consistirá em três principais frentes:

1. Avaliação e conduta perante aos fatores de risco, como:

– Diabetes mellitus;
– Presença de um prolapso genital. Ex: cistocele (“bexiga caída”);
– Incontinência urinária ou retenção de urina;
– Menopausa;
– Cálculos renais.

2. Avaliação de diagnósticos diferenciais de cistite de repetição

Alguns sintomas presentes na cistite também podem ser percebidos em outras patologias da bexiga – como a Síndrome da Bexiga Hiperativa, tumores da bexiga; e da pelve feminina – como a endometriose e as doenças inflamatórias pélvicas.

3. Prevenção de complicações.

As cistites podem evoluir para infecções urinárias mais graves como a pielonefrite (infecção no rim) e até septicemias (infecções generalizadas).