Colite Microscópica

Existem duas formas de Colite Microscópica: colite colagenosa e colite linfocítica. A colite microscópica afeta o cólon (intestino grosso) e não está relacionada à Doença de Crohn ou a Retocolite Ulcerativa, que são formas mais severas de doença inflamatória intestinal.

Como se caracteriza a Colite Microscópica?

As colites colagenosas e linfocíticas são ditas microscópicas, pois, ao contrário da Doença de Crohn e RCUI, não causam lesões inflamatórias aparentes na mucosa intestinal. É preciso que pequenas amostras da mucosa do intestino sejam avaliadas no microscópio por um patologista experiente. O sintoma mais comum nas colites microscópicas é a diarreia crônica aquosa sem sangramento, associada ou não à dor abdominal. O tratamento na grande maioria dos casos é medicamentoso: antidiarreicos, aminosalicilatos (sulsalazina e mesalazina) e esteroides (budesonida) podem ser usados; imunossupressores (azatioprina) e cirurgia são raramente necessários.