Colonoscopia: descubra como é feita e para que serve

agendamento online

Colonoscopia é o nome do exame utilizado para ver o interior do intestino grosso e ainda uma parte do intestino delgado, assim como o reto, o cólon e o íleo terminal. Com essa visão, a colonoscopia pode ajudar a detectar a presença de pólipos, tumores, inflamações e úlceras, sendo uma das principais maneiras de se detectar diversos tipos de câncer.

 

Para que serve a colonoscopia?

A colonoscopia é indicada em diversos casos, como quando há suspeita de câncer de cólon e reto e suspeita de presença de pólipos. Esse exame serve também para investigar sintomas como: sangramentos nas fezes e alterações na coloração das fezes. A colonoscopia ajuda ainda a descobrir o que está causando diarreias crônicas, anemias, grande perda de peso repentina e dores crônicas no abdômen. Ainda, serve para fazer uma análise completa do sistema digestivo baixo após resultados anormais de um exame de fezes. Por fim, a colonoscopia é um exame que permite fazer o acompanhamento e o tratamento de doenças como colite e da presença de pólipos no intestino.

 

Quando preciso fazer uma colonoscopia?

Mesmo que você não apresente nenhum dos sintomas descritos acima, é recomendável fazer a primeira colonoscopia após os 50 anos de idade. Em caso de histórico familiar de câncer, o ideal é repetir o exame anualmente. Caso contrário, o exame pode ser realizado a cada dez anos, se nenhum sintoma for sentido pelo paciente.

Saiba mais sobre a coloproctologia com o dr. Marcos de Abreu Bonardi.

Qual é o preparo para fazer uma colonoscopia?

O preparo para a colonoscopia consiste em limpar o intestino totalmente para que o exame possa ver o interior do órgão. Para isso, nos dois dias anteriores ao exame, o paciente deve parar de comer alimentos sólidos e não beber nada que tenha a cor vermelha ou roxa, como sucos dessa cor. Além disso, provavelmente o médico prescreverá um laxante, fazendo com que o paciente evacue diversas vezes, até que o cólon esteja completamente livre da presença de fezes.

Para não ficar desidratado, o paciente deve beber muito líquido, mas não é permitido o consumo de bebida alcoólica no dia anterior ao exame, pois pode haver interferência com os sedativos utilizados.

 

Como é feita a colonoscopia?

Esse é um exame que exige a presença de um acompanhante, por causa dos efeitos da sedação, que podem levar horas para passar. Mesmo após a suavização dos efeitos dos sedativos, não é recomendado que o paciente dirija ou trabalhe.

Vamos à realização do exame propriamente dito: depois que o intestino estiver bem limpo, será aplicada a sedação e então o paciente se deitará de lado, com os joelhos dobrados encostando na barriga. Somente após o paciente estar completamente sedado é que o exame começa de fato. A partir daqui, será introduzido no ânus do paciente o colonoscópio, que nada mais é do que um tubo de aproximadamente um centímetro de espessura com uma micro câmera e uma luz na ponta.

A luz permite que a câmera capte todo o interior do intestino. A imagem é reproduzida em um monitor, permitindo ao médico fazer a análise enquanto o exame é realizado. O colonoscópio é introduzido até o começo do intestino delgado, fazendo uma varredura de todas as possíveis lesões e alterações no seu corpo. Aqui o médico também poderá colher material para outras análises de laboratório. Por fim, o colonoscópio é retirado. Todo esse procedimento dura de 30 a 45 minutos. Após uma ou duas horas de observação, o paciente é liberado e pode ir para casa.

 

Fazer colonoscopia dói?

O paciente não deve sentir nada durante o exame. Para isso é importante que a sedação seja geral, caso contrário, o paciente pode sentir cólicas durante a realização do exame.

Caso você tenha algum dos sintomas ou suspeitas que falamos acima, procure já uma clínica médica em que você possa confiar, como o Instituto Mário de Abreu.