Outubro rosa também vale para os homens

Embora o câncer de mama aconteça em mais mulheres do que homens, todos devem ficar atentos aos primeiros sintomas e à prevenção.

câncer nos homens instituto mario de abreu proctoclin

Outubro é conhecido como o mês de conscientização da prevenção do câncer de mama. A campanha Outubro Rosa foi criada na década de 90 e ganhou o mundo, colaborando para a prevenção e disseminação da informação, ajudando a milhares de mulheres e homens a detectar o câncer já no seu estágio inicial.

Quando falamos em Outubro Rosa, logo associamos o câncer de mama ao público feminino. Afinal, esse é o tipo de câncer mais comum em mulheres, sendo 1,38 milhões de novos casos e 458 mil mortes pela doença por ano, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Porém, mesmo que a proporção seja maior em mulheres, o câncer de mama também pode atingir cerca de 1% dos homens.

Infelizmente, a falta de informação, o tabu e o preconceito, levam o panorama nocivo de diagnósticos quase sempre em estágios avançados e que muitas vezes não permitem a cura ou o controle da doença entre os homens.

O câncer de mama atinge muito menos homens do que mulheres, por uma questão hormonal. As pessoas de ambos os sexos, possuem hormônios femininos e masculinos no organismo, mas como na mulher a concentração dos femininos é absolutamente maior, a mama da mulher é muito mais exposta ao hormônio feminino que a do homem. Fora isso, a quantidade de glândulas mamárias na mulher também é muitíssimo maior, assim, há maior área para surgimento do tumor.

A prevenção do câncer de mama para os homens

Assim como em todos os tipos de câncer, as principais recomendações para prevenir a doença é manter uma vida saudável, praticar exercícios e controlar a alimentação.

Evitar o uso de anabolizantes também é ajuda muito na prevenção, afinal o uso dessas substâncias causa danos hepáticos importantes, ocasionando o crescimento na produção de estrogênio, aumentando também o risco à doença.

O principal sintoma do câncer de mama no homem é o aparecimento de nódulo indolor na região da auréola (bico do peito), onde o tecido mamário se concentra, podendo provocar coceira e irritação. Sua incidência pode ocorrer em homens acima dos 35 anos e o risco aumenta com o avanço da idade.

Conscientize-se para a prevenção do câncer de mama.