Tire suas dúvidas sobre a cirurgia de reversão da vasectomia

É cada vez maior a quantidade de homens que desejam recuperar sua capacidade reprodutiva por meio de uma reversão de vasectomia. Atualmente a cirurgia de reversão é uma alternativa viável para os casais que querem ter filhos e desejam que a gravidez aconteça naturalmente, sem outros tipos de intervenção.

A reversão de vasectomia é um procedimento cirúrgico, chamado de vasovasostomia, que consiste em religar as duas partes do canal deferente (que foram cortadas na vasectomia). Isso permite que os espermatozóides voltem a percorrer o caminho do testículo até a vesícula seminal e sejam liberados com o esperma na ejaculação.  

De acordo com o médico urologista Dr. André Matos de Oliveira, do Instituto Mário de Abreu, a cirurgia de reversão de vasectomia é realizada com a ajuda de um microscópio devido à baixa espessura do tubo responsável por armazenar e transportar o esperma. “É feito um pequeno corte no saco escrotal para que possa ser feita, por meio de sutura, a reconexão dos canais que estavam interrompidos” explica o urologista.

A cirurgia é considerada de pequeno porte, ainda assim é realizada em ambiente cirúrgico e com o paciente anestesiado. Após a reversão, o homem deve ficar de dois dias a três dias em repouso. A recomendação é que ele aguarde cerca 15 dias antes de relacionar-se sexualmente, para garantir a completa cicatrização.

A reversão de vasectomia é eficaz?

A vasectomia é um dos métodos contraceptivos mais práticos e seguros para homens que não pretendem ter filhos, porém os processos de reversão desta cirurgia têm sido cada vez mais comuns. A porcentagem de indivíduos que pensam em reverter a vasectomia varia de 2% a 6%.

A cirurgia de reversão, no entanto, tem mais chances de sucesso em homens que fizeram a vasectomia há menos tempo. “Quanto maior for o intervalo entre a vasectomia e sua reversão, menores serão as chances de uma gravidez” observa Dr. André Matos de Oliveira.

Quando a vasectomia foi feita Taxa de sucesso da reversão (obtenção de espermatozóides no esperma) Chances de gravidez
há menos de 3 anos 95% 76%
entre 3 e 8 anos 88% 53%
entre 9 a 14 anos   79% 44%
há 15 anos ou mais 40% 25%

 

Há outros fatores que interferem no resultado da reversão da vasectomia, como a técnica cirúrgica utilizada na realização da vasectomia, o método utilizado na cirurgia de reversão e a verificação da presença de espermatozóides nos canais deferentes no momento do procedimento. Ainda assim, as taxas de sucesso do procedimento são bastante satisfatórias.

A vasovasostomia também é indicada para pacientes com esterilidade causada pela obstrução dos canais deferentes, com o objetivo de restabelecer a fertilidade.  

Os homens que desejam se submeter à reversão da vasectomia devem consultar um urologista. Cada caso será analisado individualmente pelo médico, que irá avaliar as chances do procedimento ser bem-sucedido.

Agora você pode agendar sua consulta online através deste link!

Leia também: Saiba tudo sobre o procedimento da vasectomia