Médico urologista ou nefrologista? Entenda qual o mais indicado ao seu caso

7 de dezembro de 2017 |

Homens e mulheres devem cuidar dos rins, bexiga e uretra, seja com urologista ou nefrologista

Atualmente, são tantas áreas da saúde que é possível se perder na definição e no uso de cada uma delas. Se você tem um caso de problema renal, em qual deles você se consulta: o urologista ou nefrologista? Confira as quatro dúvidas mais comuns dos pacientes em relação a essa área da saúde.

Urologista ou nefrologista?

  1. Qual é a principal diferença entre o urologista e o nefrologista?

O urologista é o médico que passou pela residência em cirurgia e teve uma especialização em urologia, ou seja, ele tornou-se um cirurgião urológico. Dessa forma, ele irá examinar as doenças que acometem os rins e que precisam de tratamento cirúrgico.

Já o nefrologista é um especialista clínico. Esse profissional passou por uma residência médica e teve uma especialização em nefrologia. No geral, ele atende aquelas condições em que a doença renal não tem indicação cirúrgica, mas precisa de um acompanhamento clínico especializado e tratamento medicamentoso.

  1. Em quais casos os homens devem procurar um urologista?

“Para os homens, a principal recomendação é que seja feita ao menos uma visita por ano ao urologista, independentemente da faixa etária, para prevenir doenças urológicas”, explica o urologista André Matos de Oliveira, do Instituto Mário de Abreu.

Entre os 15 e 35 anos, as maiores preocupações com a saúde masculina devem ser as DSTs (doenças sexualmente transmissíveis) e o câncer de testículos. A partir dos 40 anos, o foco torna-se a prevenção contra o câncer de próstata.

  1. Em quais casos as mulheres devem se consultar com um urologista?

Apesar de ser comum associar o urologista ao médico que trata apenas da saúde reprodutiva masculina – assim como a ideia de que o ginecologista é o que cuida apenas das mulheres –, na verdade, o urologista é especialista em todos os órgãos do trato urinário, incluindo rins, bexiga, ureteres e uretra.

Sempre que as mulheres apresentarem problemas urológicos, tais como incontinência urinária e infecção urinária, especialmente as de repetição, é o momento para realizar uma avaliação com um urologista. “É importante a consulta com o urologista, já que as doença urológicas atingem 40% das grávidas e 35% daquelas que estão na menopausa”, adverte o urologista Dilermando Neto.

  1. Em que casos você deve procurar um nefrologista?

Como o nefrologista é o médico que cuida especificamente das doenças ligadas aos rins, se o paciente apresentar insuficiência renal, cálculos renais recorrentes e que não precisam de cirurgia, é o momento de se consultar com um nefrologista.

Procure um nefrologista, também, se você apresentar os seguintes sintomas:

  • alteração no volume da urina;
  • edemas e inchaços;
  • urina com espuma avermelhada;
  • alterações nas taxas de creatinina e minerais no sangue;
  • cálculo renal mais de uma vez.

Quer saber mais sobre o assunto? Agende sua consulta no Instituto Mário de Abreu pelo número (41) 3232-1262 e não tenha mais dúvidas sobre sua saúde.