VASECTOMIA SEM MEDO – ENTENDA COMO É FEITA A VASECTOMIA

A vasectomia – também chamada de ligadura dos dutos deferentes ou laqueadura masculina – é um método de contracepção considerado por muitos homens e mulheres como o mais simples e eficiente. Apesar disso, o procedimento ainda desperta muitas dúvidas e até apreensão devido à natural sensibilidade física da região operada e aos receios psicológicos referentes à masculinidade e virilidade. A vasectomia, porém, é simples e segura, de rápida recuperação e pouco incômodo. Vamos explicar de forma clara como é realizado o procedimento e, em seguida, esclarecer algumas das dúvidas mais comuns para quem pretende passar pela vasectomia. Entenda como é feita a vasectomia e quais são as vantagens e desvantagens desse procedimento abaixo:

Quem pode fazer a vasectomia?

A cirurgia de vasectomia é recomendada para homens que querem eliminar a possibilidade de gerar filhos, seja por já serem pais ou por não desejar ter filhos. Conforme o regulamento 10 da Lei nº 9.263/96 referente ao planejamento familiar, a cirurgia é permitida em homens acima dos 25 anos, ou com pelo menos dois filhos vivos, e recomendada em casos em que a gravidez pode gerar risco de morte à mulher.

Como é feita a vasectomia?

A vasectomia é realizada pelo especialista em urologia. É um procedimento com duração média de vinte a trinta minutos que consiste em fazer uma pequena infiltração local com anestesia e duas incisões – uma em cada lado do saco escrotal. Em seguida o médico anestesia e corta os dutos deferentes, interrompendo assim o fluxo de espermatozoides produzidos pelos testículos. Logo após o procedimento o paciente já está liberado para voltar para casa e seguir suas atividades normais.

Como é a recuperação de uma vasectomia?

Alguns pacientes relatam desconforto e excesso de sensibilidade nos primeiros dias após a vasectomia, devido à cicatrização, principalmente ao sentar ou caminhar. A sensação geralmente é aliviada após em média três dias. Já as relações sexuais podem ser retomadas em uma semana após o procedimento cirúrgico.

As dúvidas mais comuns sobre vasectomia:

  • É possível reverter a vasectomia?

Sim. Porém as chances de sucesso dependem do tempo que se passou desde a cirurgia. Com o passar do tempo, o organismo deixa de produzir espermatozóides, impossibilitando a fertilidade mesmo que os canais deferentes sejam religados.

  • A vasectomia pode atrapalhar meu desempenho sexual ou deixar impotente?

Não. O procedimento cirúrgico não gera nenhuma alteração, positiva ou negativa, no desempenho sexual ou ereção do paciente, pois ocorre apenas dentro do saco escrotal e não afeta o pênis. O que pode acontecer, nas primeiras experiências depois da operação, é o paciente ficar ansioso, o que dificulta a ereção. Porém, em geral, o que tende a acontecer é o oposto, um aumento da libido do paciente, por ele se sentir menos preocupado com a possibilidade da gravidez da companheira na hora do sexo. Além disso, o organismo também não para de produzir testosterona, o hormônio responsável pelo aumento da libido.

  • Em quanto tempo depois da vasectomia poderei ter relações sexuais?

Pouco se fala sobre isso, mas é preciso esperar até três meses após a cirurgia para deixar de usar outros métodos contraceptivos nas relações sexuais. Essa é uma medida importante de segurança porque, após a cirurgia, podem restar alguns espermatozóides dentro dos canais entre o corte e o pênis, possibilitando a gravidez indesejada. Podem ser necessárias até vinte ejaculações para eliminar completamente os espermatozoides restantes, mas o mais recomendado é fazer um espermograma para confirmar a ausência deles no líquido seminal.

  • A vasectomia pode falhar?

Apenas 2% das cirurgias feitas apresentam alguma falha na laqueadura, sendo sempre necessária a realização do exame de espermograma para garantir o sucesso da operação.

Está interessado mas ainda ficou com dúvidas sobre como a vasectomia é feita? Então é hora de marcar uma consulta com um médico especializado no assunto. Entre em contato com o Instituto Mário de Abreu, que conta com uma equipe especializada para cuidar de você. Você pode marcar a sua consulta no número (41) 3232-1262.